Americanas intensifica medidas de combate à venda de produtos irregulares

Americanas intensifica medidas de combate à venda de produtos irregulares

A Americanas S.A. tem investido de forma consistente em soluções tecnológicas e iniciativas para combater a venda de produtos irregulares em seus sites e marketplaces. Recentemente, a companhia desenvolveu funcionalidade que inibe a inserção de produtos da categoria de celulares e smartphones sem homologação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A medida recebeu reconhecimento do órgão regulador como uma forma de incentivar o segmento do varejo na adoção de recursos para coibir a pirataria e seus efeitos já poderão ser percebidos nas vendas da Black Friday.

Conteúdo exclusivo: O IDV elaborou um guia de boas práticas para Black Friday. Confira!

Adicionalmente, a Americanas desenvolveu, com sua equipe de tecnologia, o Assistente de Propriedade Intelectual e Tratativa de Ofensas. Conhecido como Apito, é um canal dedicado à proteção de propriedade intelectual e a serviço dos titulares de marcas e inovações que queiram denunciar irregularidades na venda de produtos no marketplace. “Nós temos um time dedicado à análise dos produtos que são comercializados nas nossas plataformas de marketplace e investimos, continuamente, em soluções para esse fim”, afirma Fábio Abrate, Diretor Financeiro e de Relações Institucionais de Americanas S.A.. “Nos sites das nossas marcas, os clientes também têm acesso aos canais de denúncia de irregularidades, ampliando nossas frentes de atuação”, complementa Abrate.

A Americanas foi, ainda, pioneira na adesão ao guia de autorregulamentação das plataformas de marketplaces do Ministério da Justiça, por meio da parceria com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), e criou guias de segurança, disponíveis nos sites oficiais das marcas, nos apps e no portal de acesso dos parceiros, com informações para que clientes e lojistas possam utilizar as plataformas de maneira mais segura.

Todas essas ações evidenciam e reforçam o compromisso da Americanas com o combate à pirataria e à comercialização de produtos irregulares.